Atibaia - Festa das Flores e Morangos

Quando os japoneses chegaram ao Brasil, o intuito era trabalhar e voltar ao Japão com dinheiro. Como tinham experiência no trabalho agrícola e verificaram que neste país as terras eram de boa colheita, eles alugavam alguns terrenos para plantar batata. Isso acontecia porque enquanto uma parte da terra descansava a outra era utilizada para plantação, pois para uma boa colheita da batatinha era necessário trocar de terra. Porém, com a 2º Guerra Mundial, de 1940 a 1945, na qual o Japão sofreu muito, todo aquele sonho se acabou e as pessoas que aqui estavam, acabaram se instalando no país. Atibaia foi uma das cidades que abrigou um grande número de famílias. Com a agricultura, que era a principal fonte de renda, a tradicional colônia japonesa contribuiu para o desenvolvimento cultural, econômico e social do município.

Um exemplo é a famosa Festa das Flores e Morangos de Atibaia. O evento teve início em 1965. Naquela época, com o nome de Feira Agrícola, a colônia japonesa e a entidade responsável, Associação Cultural de Atibaia (ACA), ofereceram à cidade uma especial comemoração pelos 300 anos. Depois de certo período, em 1976, a Feira teve sua segunda edição. Já em 1982 foi organizado um evento para a comemoração dos 30 anos da ACA e passou a ser consecutivo. Até aquela data, o evento não tinha grande proporção. Entretanto, a construção do Elefantinho (Ginásio de Esportes) tornou possível dividir a Feira em Flores, no Elefantão (Ginásio ao lado) e agricultura no novo espaço, disponibilizado pelo prefeito da época, o saudoso Takao Ono.



Nenhum comentário:

Postar um comentário